O vereador Arielson Arsego criticou os gastos da prefeitura de Farroupilha com a empresa Ecofar. A bancada do PMDB solicitou informações para a administração municipal sobre os custos e, depois de um resumo com as médias, segundo Arsego, hoje se gasta mais do que se gastava com a Farroupilha Ambiental. “Quando nós chegarmos lá no final do ano nós vamos ter aproximadamente R$ 8 milhões no ano pagos para a Ecofar”, afirmou, relembrando que na época da criação da empresa, a prefeitura estimava poupar R$ 300 mil por mês.
Além da questão do dinheiro desembolsado, o vereador também destacou que não está sendo feito reserva para questões trabalhistas, por exemplo, e que acontecem situações em que funcionários são cedidos para a Ecofar e são pagos pela prefeitura. “Estamos alertando para um perigo que ali na frente pode ter, que é não ter dinheiro quem sabe até para pagar a folha”, ressalta.
Arsego também criticou o valor gasto com o parque de máquinas da administração. “Hoje é pago R$ 130 mil por ano para deixar a garagem onde está, por uma permuta mal feita”, finaliza.

Confira a entrevista nos áudios abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!