Uma licitação para a contratação de uma empresa que fará estudo de análise da água foi aberta em Farroupilha. Conforme o presidente da Câmara de Vereadores, que vem buscando melhorar a qualidade do abastecimento no município, a vencedora será conhecida nesta sexta-feira, 25. "Não é nada contra a Corsan, mas a gente não pode fazer com que a empresa que vende a água, fornece a água seja ela mesma que fiscalize a água", defendeu.

Brunet também explica que a sindicância aberta pelo Poder Executivo, a qual investiga o dossiê entregue por ele está em andamento. A denúncia do vereador coloca que a Corsan não cumpre as ações que integram o contrato com a prefeitura. Os documentos foram protocolados em março.

Além disso, outra questão levantada pelo presidente do Legislativo é que ele acredita que os encanamentos antigos da cidade são feitos de amianto, uma substância que pode ser cancerígena. Por isso, ele quer que as tubulações sejam trocadas, caso realmente sejam deste material.

Áudios

Deixe o seu comentário!