O empresário Nilton Bozzetti, em entrevista para a Rádio Spaço FM, que foi reproduzida na manhã desta segunda-feira, 1º de março, fez diversas críticas sobre as determinações de fechamento do governo do Rio Grande do Sul para a diminuição dos casos de coronavírus no estado.

Para ele, o fechamento principalmente do comércio é um absurdo. “O governador tomou uma atitude de criança”, destacou. De acordo com Bozzetti, o lockdown não tem lógica. “Essa medida ela não acaba só com a economia, ela acaba com vidas e acaba com sonhos”, enfatizou. Ao longo de sua manifestação o empresário afirmou que desta forma todos os sonhos imaginados pela população estão sendo exterminados. “Estas pessoas estão a um passo do suicídio, a um passo de morrer economicamente, a um passo de acabar com o sonho de uma vida inteira”, exaltou.

Ele ainda citou que diversos setores continuam abertos e com superlotação, mas o governo não olha para a maioria da população. “Quem paga a conta é somente a academia, a cabelereira, o pequeno comércio que sustenta um monte de famílias”, pontuou.

Durante a entrevista, Bozzetti também declarou que o governador Eduardo Leite não quer o bem do estado. “Ainda quer ser presidente do Brasil”, salientou. Ao final o empresário implorou para que as autoridades tomem alguma atitude para que o resultado deste fechamento não seja ainda pior. “Nos ajude prefeito, nos ajude governador, nos ajudem deputados”, frisou.

OUÇA A MANIFESTAÇÃO NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!