O bombeiro militar de Farroupilha, Ramon Cristiano Barbosa, de 32 anos, morreu durante um treinamento de resgate em altura, quando praticava rapel em um dos cânions de Cambará do Sul.

Segundo o comando do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 18h desta sexta-feira, 11, no momento em que o soldado executava a prática de rapel durante instruções de resgate em altura em área junto à natureza. Uma pedra teria caído do paredão sobre o soldado, atingindo sua cabeça.

Apesar de todos os equipamentos de segurança que usava no momento do acidente, ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital de Cambará do Sul.

Ramon era natural da cidade de Limeira (SP) e ingressou na Brigada Militar no ano de 2009.

O Corpo de Bombeiros do RS emitiu uma nota lamentando a morte do soldado.

Confira a nota abaixo

É com o mais profundo pesar que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul comunica a morte do Soldado Ramon Cristiano Barbosa, aos 32 anos de idade, ocorrido na tarde desta sexta-feira (11/12) na cidade de Cambará do Sul, durante um treinamento em altura aplicado aos ambientes naturais.
O Soldado Ramon era natural da cidade de Limeira/SP, ingressou na Brigada Militar no ano de 2009 e atualmente servia no 3° Pelotão do 5° Batalhão de Bombeiros Militar na cidade de Farroupilha.
Neste momento de dor, prestamos as nossas condolências aos familiares e a todos os colegas do Corpo de Bombeiros Militar e Brigada Militar, em face da prematura perda ocorrida.

Deixe o seu comentário!