O mais famoso tradicionalista do estado, Paixão Côrtes morreu na tarde desta segunda-feira, 27, aos 91 anos. Ele estava internado no Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre. O óbito foi registrado às 16h05, mas a instituição não informou o motivo. 

Paixão se recuperava de complicações após uma cirurgia. Em julho ele sofreu uma queda e fraturou o fêmur de uma das pernas. 

Deixe o seu comentário!