A presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Rio Grande do Sul (Agergs), Maria Elizabeth Pereira informou que entidade pretende revisar o contrato de Farroupilha com a Companhia Rio-grandense de Saneamento (Corsan). A presidente esteve na noite desta segunda-feira, 9, em uma sessão na Câmara de Vereadores. A presença de Maria foi sugestão do vereador Jonas Tomazini (MDB).

Ela explicou que apesar de estar no cargo a um mês, tem o conhecimento do assunto, mas ressaltou que a Agergs não foi solicitada para mediação do contrato entre Corsan e Farroupilha e por isso veio ao município para explicar o que é possível fazer para amenizar o problema.

Conforme Maria, o intuito é mediar a situação, e isso não quer dizer que é necessário as partes seguirem o conselho da agência. “Eu estarei analisando o contrato e estudando o caso. O rompimento de contrato é um extremo. São peculiaridades que precisam ser analisadas segundo as normas legais”, explicou.

A Agergs se comprometeu em analisar novamente o contrato firmado e possíveis irregularidades promovidas pela companhia de saneamento básico.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!