Farroupilha gerou 1.852 empregos, somente nos primeiros nove meses de 2021. Os dados foram disponibilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

As oportunidades criadas pela iniciativa privada comprovam a retomada da economia do município.

O prefeito Fabiano Feltrin destacou o esforço feito pela Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) em 2021 para manter as atividades econômicas e também para gerar um ambiente favorável para o empreendedorismo.

O vice-prefeito Jonas Tomazini complementou que o destaque que Farroupilha está tendo no cenário regional, tendo gerado mais empregos que municípios maiores da região, chama a atenção.

Neste cenário, Tomazini também reforçou a importância do prefeito de estar na presidência da Amesne, além da obtenção da certificação Diamante do Sebrae para a Sala do Empreendedor de Farroupilha, como fatores que ajudam a compreender os números positivos.

Por fim, lembrou da participação do município no Fórum de Inovação da UCS. "Até os anos 60 Farroupilha tinha sua economia baseada no setor primário, na agricultura. A partir de 1970, com o Distrito Industrial, a Indústria passou a liderar a economia da cidade. Agora, com a criação do e-farroupilha, através de uma lei que concede incentivos para a instalação de empresas que tenham em seus processos métodos que privilegiam a inovação, o município promove o fomento de tecnologia e práticas inovadoras", resumiu.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!