A carreata pela aprovação do projeto de lei que prevê salário de R$ 7,3 mil para enfermeiros teve grande adesão na Serra. O evento liderado por um grupo de manifestantes passou neste sábado, 10, por quatros cidades da região.

A manifestação teve início às 9h, na cidade de Bento Gonçalves e após houve o deslocamento para Farroupilha. O grupo se reuniu com outros apoiadores que aguardavam na Avenida Paulo Broilo, em frente à Spaço FM, e seguiu em carreata até Caxias do Sul. Os participantes percorreram as ruas centrais da cidade e finalizaram a manifestação por volta das 12h na praça central no município de Flores da Cunha.

A categoria está pleiteando um novo piso salarial proposto no Projeto de Lei (PL) nº 2564/2020 pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que altera a Lei nº 7498/1986 para instituir o piso salarial nacional e a carga horária do enfermeiro, do técnico de enfermagem e do auxiliar de enfermagem. O texto original prevê o piso salarial da categoria de R$ 7.315 para enfermeiros, R$ 5.120,50 para técnicos de enfermagem e de R$ 3.657,50 para auxiliares e parteiras com jornada de 30h semanais.

A Spaço FM ouviu os enfermeiros que relataram a situação atual da categoria e o que esperam após a manifestação. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Saúde (Cnts), Valdirlei Castanha, também participou da carreata e esclareceu que a categoria tem que ser valorizada e ter melhores condições de trabalho.

Confira abaixo as manifestações

 

Áudios

Deixe o seu comentário!