A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Neuza Moro, em entrevista nesta segunda-feira, 4, comentou sobre o caso Dilço Batista Rodrigues, o qual deveria reassumir o cargo de conselheiro tutelar a partir de 1º de janeiro de 2021.

Ele foi impedido de retornar através de uma liminar expedida pelo Ministério Público (MP) por exercer atividades paralelas ao cargo. Além de Conselheiro Tutelar, Rodrigues é o atual presidente da União das Associações de Bairros (UAB) e da Cooperativa Habitacional Novo Amanhã.

O conselheiro recorreu da decisão e obteve parecer favorável por meio do desembargador Alexandre Mussoi Moreira.

Conforme a presidente do Comdica, esse despacho favorável ao conselheiro ainda não chegou de forma oficial até a entidade e somente após este ato é que o Comdica poderá acatar a decisão. Enquanto isso não acontece, a suplente Paula Martins permanece como conselheira no lugar de Dilço.

Ele solicitou licença do cargo em maio de 2020 até 31 de dezembro do mesmo ano para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Trânsito no Executivo Municipal de Farroupilha.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!