Após o prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves (PDT), afirmar em entrevista à Spaço FM que parte da água do município pode estar contaminada com coronavírus, a Sociedade Médica de Farroupilha (Farmed) divulgou uma nota em repúdio às declarações do gestor. Ele havia explicado que o vírus 'viajou pela água da chuva até a Julieta' e de lá ele chegaria nas torneiras dos moradores. Ainda na entrevista Claiton sugeriu para a população comprar água ou fervê-la. 

Diante disso, a Farmed informou que a fala do prefeito é falsa, infundada e sem respaldo científico, pois não existem evidências de que a água da chuva ou mesmo a água tratada pela rede pública transmita ou cause infecção pelo coronavírus. Por fim, a nota salienta que notícias falsas atrapalham o trabalho das equipes de assistência em saúde e o gestor deve ter responsabilidade em suas palavras e atos.

Confira a nota na íntegra:

NOTA À POPULAÇÃO FARROUPILHENSE

Em resposta à matéria divulga na data de hoje em que o Sr. Prefeito municipal, afirmou que a água consumida na cidade está contaminada por Coronavirus. A Sociedade Médica de Farroupilha, no seu dever de orientar a população em relação as melhores práticas durante a Pandemia de COVID19, vem à público externar seu repúdio as declarações infundadas e sem respaldo científico emitidas pelo gestor municipal. Não existem evidências cientificas atuais de que a água da chuva ou mesmo a água tratada pela rede pública transmita ou cause infecção pelo COVID19. Alguns estudos sugerem que o vírus possa ser encontrado no esgoto, entretanto, não há nenhuma evidência de que a água tratada transmita a doença. Conforme o CDC (Centro de Controle e prevenção de Doenças, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, o novo coronavírus ainda não foi detectado em amostras de água tratada. Portanto, os dados informados pelo gestor municipal são inverídicos. A divulgação de notícias falsas atrapalha o árduo trabalho das equipes de assistência em saúde nesse momento de incertezas. Pedimos ao gestor municipal responsabilidade em suas palavras e atos.

A FARMED reforça:

• O momento é de atenção.

• É preciso conscientização social, cuidados e compartilhamento de informações corretas

• Fique em casa.

• Cuide de sua família, seu bem mais precioso

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!