O Cartório de Registro Civil de Farroupilha já registrou 249 óbitos de janeiro a setembro de 2019, ou seja, um crescimento de 7,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2018 foram registradas 231 mortes.

A registradora civil do Cartório de Registro Civil, Silvana Hart Schneider explicou sobre os motivos do aumento. “Nos períodos de inverno há morte de pessoas idosas. Outro aspecto é o número de homicídios e acidentes de trânsito, além de uma taxa grande de mortes violentas de jovens”, esclareceu. No mês de setembro morreram 36 pessoas, o que representa mais de uma por dia.

Além disso, de janeiro a setembro, a taxa de natalidade diminuiu 10,5% em relação ao mesmo período do ano passado. O município registrou o nascimento de 569 pessoas em 2019, enquanto que em 2018 nasceram 636 farroupilhenses.

Para a médica pediatra Eleonora Peters Broilo, os moradores de Farroupilha foram ter seus filhos em Caxias do Sul, no Hospital da Unimed, quando os trabalhos materno infantis iniciaram. "Se nós separarmos os nascimentos, nós vamos ver que os nascimentos de convênio diminuíram. Eu observo que o número de SUS diminuiu muito pouco", analisou.     

Ouça os áudios abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!