O ex-radialista João Alberto Mansan morreu aos 68 anos nesta quarta-feira, 16, em Farroupilha. Ele faleceu por volta das 18h no Hospital São Carlos, em decorrência da covid-19. Conforme familiares, devido à evolução do quadro, Mansan foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde permaneceu por mais de 20 dias.

João Alberto Mansan foi líder estudantil, trabalhou como radialista, promotor de eventos (festas e reuniões dançantes), foi gerente de vendas no setor calçadista, candidato a vereador, presidiu a Associação do Grêmio São Luiz e atualmente exercia a função de corretor de imóveis no Grupo Feltrin, atividade que realizava há 20 anos.

Mansan deixa a esposa Neusa Molon Mansan, uma filha, o genro e uma neta.

O velório ocorre na sala A do Memorial São José e o sepultamento será as 15h desta quinta-feira, 17, no Cemitério da Comunidade de São Luiz, terceiro distrito de Farroupilha.

Deixe o seu comentário!