Outrora passagens para transportar a economia do município e passageiros entre cidades, levando consigo lembranças e saudades, hoje as passagens de nível passam a ser um incômodo para os motoristas. Em vários cruzamentos do perímetro urbano o asfalto e paralelepípedos cederam e os trilhos, em desníveis, causam trepidações nas suspensões dos veículos. Com o transporte ferroviário desativado e sem perspectiva de retorno, faz-se mister remover, cobrir ou quem sabe leves e suaves lombadas sobre o rastro ferroviário nos cruzamentos da cidade, e o 'pare, olhe e escute' ficará apenas na lembrança.

Deixe o seu comentário!