O empresário Dário Micael da Silva, em entrevista para a Rádio Spaço FM nesta segunda-feira, 7, criticou o Sistema de Distanciamento Controlado adotado pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Ele explicou que sua classe está empenhada no controle da disseminação do coronavírus e realiza todos os protocolos de saúde para que a pandemia não se alastre ainda mais. Desta forma, Silva comentou que este sistema que é aplicado no estado não é eficaz, porque os comerciantes se adequaram, mas agências bancárias e lotéricas não aderiram e não são fiscalizadas devidamente. “O governador do estado do Rio Grande do Sul está equivocado”, opinou.

Ele também comentou que está filiado ao Democratas e é um pré-candidato para a próxima eleição municipal. Durante a entrevista o empresário se manifestou contrário a algumas entidades representativas estaduais como a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (Fcdl), na qual o presidente está sendo investigado por desvio de dinheiro. O empresário também criticou as ações da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), que em muitos casos fica em cima do muro e não auxilia os empresários. Ele citou a diferença da entidade gaúcha que não se mobilizou a favor dos empresários, ao contrário da catarinense, que no estado vizinho se mobilizou e apresentou ao governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, medidas e o comércio ficou apenas 10 dias fechado e agora opera com todas as medidas de saúde.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!