Carlos Alberto Paese, que é presidente do Observatório Social, comentou sobre as declarações do secretário de Planejamento, Deivid Argenta, o qual relatou que a queda da parede da concha acústica no Largo Carlos Fetter pode ter sido um ato de vandalismo e não um incidente durante o vendaval que atingiu o município no dia 11 de fevereiro.

Paese não concordou com esta possibilidade e afirmou que a administração municipal está terceirizando suas responsabilidades. “Vento virou vândalo”, concluiu.

Confira no áudio abaixo

Leia também

Homem fica ferido em acidente na ERS-122, em Nova Milano

Presidente das cooperativas afirma que não existe falta de informações para associados

“Não é moeda de troca, a gente entrou pra ajudar o governo”, afirma Adelino Balsani

Áudios

Deixe o seu comentário!