O presidente da Associação dos Usuários de Rodovias Concedidas da Serra Gaúcha (Assurcon), David Vicenzo, em entrevista à Spaço FM nesta sexta-feira, 2, demonstrou sua indignação com a proposta que o governo estadual apresentou sobre o novo modelo de concessões das rodovias na Serra Gaúcha.

Conforme Vicenzo, o governo vem promovendo um terrorismo contra a população, deixando as estradas esburacadas só para os usuários serem a favor de pedágios. Outro fato que chamou a atenção de Vicenzo foi a declaração do secretário Extraordinário de Parceria, Leonardo Busatto, quando esteve na Câmara de Vereadores de Caxias Sul para explanar sobre e tema e teria informado que as concessionárias iriam começar a ter lucros somente após 20 anos da exploração dos serviços. “Mas o que é isso, estão chamando a gente de idiota?, questionou.

Para o presidente da Assurcon, os 30 anos propostos são demais pela pequena quantidade de obras que as empresas terão que executar como melhorias. Ele alertou que a população estará engolindo um anzol e que é necessário que se levante contra a decisão do governo. "É banditismo o que eles estão fazendo conosco”, declarou.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!