A ex-profissional liberal, Elisandra Stela, comentou sobre a crise que o setor do transporte escolar vem enfrentando com a pandemia de covid-19, em Farroupilha.

A motorista explicou que não voltará quando as atividades escolares retornarem. “Acabei abandonando o ramo do transporte escolar, porque não vejo lógica voltar um mês e meio de se encerrar o ano letivo. Isso me fez rever muitos pontos. Não poderia ficar um ano esperando”, sublinhou.

Elisandra começou a trabalhar em um empresa particular, já deu início a uma nova profissão e não pretende deixar na mão o seu empregador quando as aulas voltarem. “A hora que eu mais precisava alguém me estendeu a mão”, enfatizou. Em maio, a classe realizou uma manifestação com o objetivo de conseguir auxílio do poder público municipal. 

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!