O Sindilojas entregou um documento para a prefeitura, solicitando ações para combater o comércio ilegal, em Farroupilha. O encontro entre a entidade, comerciantes e o secretário de Finanças, Gilberto Galafassi, no Centro Administrativo na tarde desta quarta-feira, 18.

Os comerciantes externaram a preocupação com os ambulantes que em muitas vezes têm se instalado em frente aos estabelecimentos. “Que a gente tenha os mesmos direitos para que todos possam trabalhar”, defendeu o empresário Valcimar Mognon.

O comerciante Luiz Fumagali também salientou que os encargos dos lojistas são altos e é injusto os ambulantes estarem vendendo os seus produtos sem pagarem impostos ao poder público municipal. “Os ambulantes simplesmente jogam a mercadoria ali na rua e estão vendendo”, realçou.

Segundo o presidente do Sindilojas, Sérgio Rossi, todos precisam obedecer a lei e a fiscalização precisa agir com mais frequência nos pontos da cidade. “Temos uma esperança muito grande de que será intensificada a fiscalização”, opinou.

O secretário Galafassi destacou ainda que essa situação causa um problema sério, porque os ambulantes vendem produtos sem notas fiscais, ocasionando em uma concorrência desleal. “Cada vez que nós fazemos alguma ação de fiscalização, sofremos um ataque maciço da população. Nós precisamos fazer uma grande conscientização com a população”, justificou.

OUÇA OS ÁUDIOS ABAIXO 

Áudios

Deixe o seu comentário!