O programa Panorama desta segunda-feira, 23, está repleto de notícias para te manter informado nas primeiras horas do dia. Uma delas é sobre a investigação da Polícia Civil sobre o caso de um homem de 38 anos que foi torturado em Farroupilha. O caso ganhou repercussão nesta quinta-feira, 19, quando a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em duas cidades, deferidos pela justiça do município. Na oportunidade um indivíduo foi preso preventivamente no município de Garibaldi, suspeito de ser o mandatário dos crimes que aconteceram entre os dias 9 e 11 de agosto.

A primeira informação que chegou até a polícia foi de que um homem de 38 anos teria chegado na rodoviária de Farroupilha, vindo de Santa Vitória do Palmar. Ao descer do ônibus teria sido assaltado, raptado, agredido e largado nas proximidades de Desvio Blauth, onde foi socorrido e encaminhado ao Hospital São Carlos. No dia seguinte ele recebeu alta e foi retirado do pronto socorro, supostamente pelos indivíduos que o agrediram. Neste momento as torturas continuaram e na parte da tarde do dia 11 teria sido obrigado a se jogar de um penhasco em linha Boêmios. Ele seguiu as ordens dos agressores, caiu de uma altura considerável, desmaiou e após se acordar rastejou até a estrada onde novamente foi socorrido ao hospital. Ao dar entrada no pronto socorro a instituição imediatamente acionou a Polícia Civil e a investigação foi iniciada.

VIDEO DO LOCAL ONDE ELE FOI OBRIGADO A SE JOGAR 

Durante as diligências e através de laudos médicos o delegado constatou que a vítima passou por diversos atos de tortura que foram listados na ocorrência.

Entre as mais de 30 agressões sofridas estão choque elétrico através de um fio, batidas no corpo com a prancha de facão, queimaduras de cigarro atrás da orelha onde derramavam álcool. A vítima foi submetida a outros atos contínuos como inserção de agulha sob as unhas e colocação de agulhas quentes na mão esquerda. Um laudo médico apontou que cinco dentes foram arrancados com um alicate. No olho direito os torturadores inseriram agulhas e mexiam como se fossem tirá-lo. O esquerdo foi queimado com uma espécie de isqueiro com chama forte. O cabelo da vítima foi cortado com uma máquina de tosquiar ovelha que cortou a pele junto, além de sua barba ser arrancada com uma pinça e com uma faca sem fio.

Em hipótese o homem foi submetido aos atos para que confessasse um crime de furto de dinheiro na empresa onde ele trabalhava. A vítima segue internada sob vigia policial e seu quadro de saúde é estável.

Confirma mais destaques do programa Panorama desta segunda:

  • O que dizem os prefeitos da região sobre a privatização da Corsan;
  • Matéria Especial sobre o Primeiro Fórum da Amesne;
  • A importância do Sesi e Senai no desenvolvimento da Serra Gaúcha;
  • Decisões erradas durante a pandemia; Quem vai pagar os prejuízos?

O programa inicia às 6h com a apresentação de Rogério Portolan.

Leia Também

Deixe o seu comentário!