Três lideranças empresariais da Serra Gaúcha apoiam o retorno dos pedágios nas rodovias da região. Os presidentes das Cics de Caxias do Sul, Ivanir Gasparin, de Bento Gonçalves, Elton Gialdi, e o de Farroupilha, Daniel Bampi, participaram ao vivo do programa Fim de Expediente desta quinta-feira, 23, e comentaram sobre os assuntos que estão em voga no Brasil.

Para eles é fundamental que a Reforma da Previdência seja aprovada sem alterações. Eles destacaram que a questão de funcionalismo público está passando dos limites e isto deve ser cortado em todos os níveis. Além da previdência, outras reformas devem ser aprovadas.

RODOVIAS DA REGIÃO

Segundo os empresários, a única saída para que as rodovias da região e do estado voltem a estar em boas condições é retornar com os pedágios. Eles frisaram que o governo do estado gaúcho já provou que não sabe administrar as rodovias.

Gasparin relembrou que durante a Festa da Uva a prefeitura do município pediu para o estado fazer uma limpeza no entorno da cidade, mas o serviço foi realizado apenas em pequenos trechos. “Me nego a pedir tapa-buracos”, enfatizou.

O presidente da entidade de Bento Gonçalves explicou que este problema é de anos. “Hoje a gente paga o preço de uma irresponsabilidade ideológica”, ressaltou.

Para Gialdi a única solução é o retorno das concessões de rodovias. “A única forma, a única viabilidade de nós termos rodovias adequadas, decentes é através de concessões de rodovias, através de rodovias pedagiadas”, ressaltou. Ele explicou que os modelos que forem instalados devem seguir regras e não apenas lucrar com o dinheiro da população. De acordo com Gialdi, os pedágios deverão ter metas a cumprir e realizar obras de duplicação, viadutos, entre outras.

Bampi também comentou que esta é a única solução. “A gente vê que o estado não tem a mínima condição de fazer nada”, pontuou.

OUÇA O PROGRAMA NA ÍNTEGRA NO LINK ABAIXO

Deixe o seu comentário!