A água que abastece Farroupilha estava com mau cheiro nesta semana. De acordo com o gerente da Corsan, Álvaro Moisés da Silveira, e o engenheiro químico da estatal, Altemir Pancotto, o problema foi ocasionado por falta de chuva, calor fora de época e proliferação em excesso de algas nas barragens.

Os profissionais garantem que, apesar do odor, a água é totalmente potável e pode ser consumida normalmente. A equipe técnica trabalhou durante toda a tarde desta terça-feira e na manhã desta quarta para resolver o problema. 

Áudios

Deixe o seu comentário!