O trabalhador Iloir José Fassina, de 42 anos, que ficou com um pedaço de metal dentro de sua mão após sofrer um acidente de trabalho em abril de 2019, ainda aguarda um novo procedimento para a retirada do objeto.

Conforme o operário, em agosto do mesmo ano ele realizou uma cirurgia para a retirada do objeto, o que acabou não sendo possível.

Passado um ano do caso, o trabalhador continua aguardando a cirurgia e, em entrevista à Spaço FM, ressaltou que espera diariamente uma ligação da Secretaria da Saúde, na esperança de ser chamado para realizar o procedimento.

Ele explicou que o número de seu telefone é o mesmo há mais de cinco anos e que não cabe a explicação por parte da Secretaria de Sáude de que não conseguem contato com ele.

Fassina comentou ainda que, apesar de sentir muita dor na mão onde o metal se encontra, há seis meses desistiu de procurar o atendimento pelo fato de não ter respostas dos órgãos responsáveis.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!