O prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves comentou sobre a denúncia dos servidores da Guarda Municipal que estavam trabalhando de forma irregular e encaminharam o caso ao Sindicato dos Servidores Municipais de Farroupilha (Sismuf), que levou a situação ao Ministério Público (MP).

Conforme o prefeito, o caso já vinha sendo conduzido dentro de uma normalidade e a formação do curso de treinamento realizada pela Academia de Polícia (Acadepol) também já está contratada.

Ele ressaltou que os agentes estão apenas aguardando o chamado pela Acadepol para realizarem o curso que os habilita a realizarem trabalhos nas ruas do município. "Eu retirei eles das ruas até terem a formação da academia”, explicou.

Quanto a chefia da Guarda Municipal ser de competência de um servidor de Cargo de Confiança (CC), o que é ilegal, o prefeito explicou que no momento em que tudo estiver regularizado, a chefia também passará a ser de um servidor de carreira e que esteja dentro do sistema. "Nós ainda não somos uma Guarda Municipal e no momento que formos, nós teremos um comando constituído dentro do próprio grupo”, concluiu.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!