O secretário de Desenvolvimento Rural, Rudmar Élbio da Silva, explicou que sua pasta buscará soluções junto às entidades e apicultores para minimizar a mortandade de abelhas no município.

Silva destacou que ficou sabendo sobre a situação dos insetos pela imprensa. “A gente só fica sabendo dessa mortandades através da imprensa. Os nossos apicultores quando acontece as mortandades, não nos comunicam ”, reclamou.

O secretário destacou a necessidade dos apicultores procurarem a Secretaria de Desenvolvimento Rural para denunciarem os casos e realizarem cadastros na pasta.

Conforme Silva, somente dessa forma é possível diagnosticar melhor o problema e buscar uma solução para amenizar a mortandade. “Claro que nós não vamos resolver o problema, porque isso é nível mundial. No Brasil nos últimos anos a mortandade está muito grande”, explicou. “Nós precisamos saber o que está acontecendo. Se não temos esse conhecimento, não temos como agir”, contou.

O apicultor que perceber o problema em seu apiário, pode entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Rural, no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), na Rua Quatorze de Julho, 710, no centro de Farroupilha. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (54) 3261-6931.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!