Os ouvintes da Spaço FM, inconformados pela demora na entrega de correspondências pelos Correios, se manifestaram através de áudios enviados via WhatsApp e também de mensagens escritas, relatando dificuldades e atrasos no recebimento de compras pela internet e pedidos ou cartas pelos Correios durante a pandemia. As reclamações vão desde falhas no atendimento até demoras na entrega com encomendas paradas há mais de três mêses.

Confira alguns relatos abaixo

  • Juliana, bairro do Parque todas as contas atrasadas.
  • Meu nome é Cíntia, bairro Belvedere. Recebi há umas duas semanas, a conta da Corsan de fevereiro. Baixei os aplicativos da Corsan e RGE pra poder pagar as contas em dia.
  • Mari da Silva. Em minha casa a três meses isso acontece.
  • Ana de Farroupilha. A gente vai no Correios dizem que não tem nada, fui semana passada disseram que as cartas haviam voltado por não ter retirado. Isso não pode acontecer, chega o final do mês eles estão recebendo e a gente sem correspondências.
  • Márcia. Aqui no bairro são Roque dois meses de atrasos.
  • Mandei correspondências para o Paraná e não chegou uma carta até agora, é uma vergonha.
  • Eneida do bairro Belvedere. Aqui também estamos recebendo tudo com dois meses de atraso. Mas tem um detalhe, não é só aqui em Farroupilha, porque aquilo que enviamos via Correios para outras cidades também chega atrasado.
  • Elisa do bairro São José. No mês de maio recebi muitas correspondências, mas eram do mês de fevereiro e março.
  • Maria bairro São José. Aqui em casa já faz mais de ano que as correspondências chegam com dois meses de atraso, quando vem.
  • Benito Tomasini. Entregaram tudo de uma vez, e não foi no interior não, foi em pleno centro de Farroupilha, na rua Tiradentes.

Obs: A reportagem foi ao Correio, onde funcionários respoderam que todas as informações solicitadas são repassadas por e-mail através da assessoria de imprensa. A reportagem então está solicitando um retorno do porquê da demora na entrega das correspondências, quais as providências e o tempo que isso irá demorar para normalizar. Até a publicação desta notícia, a emissora não havia recebido resposta.

Áudios

Deixe o seu comentário!