O presidente do Sindicato dos Servidores Municipal de Farroupilha (Sismuf), Diego Tormes, durante entrevista à Spaço FM, nesta quinta-feira, 11, não descartou uma greve dos servidores em 2022, caso as reivindicações da classe não forem atendidas pelo Executivo.

Tormes salientou que há três anos a categoria está com o salário estagnado, não recebe nem a inflação do período, entre outros benefícios.

Ele entende o momento difícil da economia, mas ressaltou que tudo foi discutido em assembleia e que os servidores também entenderam. Porém para 2022, esses aumentos devem sair do papel e entrar na folha de pagamento dos servidores.

O presidente destacou que esse tema está registrado em ata com mais de 800 assinaturas, e que se no orçamento de 2022, não tiver o mínimo de recursos necessários para o Executivo atender as reivindicações, haverá uma grande possibilidade de paralisação dos servidores.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!