O Fim de Expediente desta quarta-feira,15, contou com a participação do Coordenador da Defesa Civil de Farroupilha, Ênio Ferreira e do voluntário e socorrista do SAMU, Sidenei Filiponi. Eles abordaram a atual situação da Defesa Civil no município e as dificuldades enfrentadas nos momentos de necessidades e emergências. Conforme os convidados, a falta de estrutura e um local específico para montar um QG são fatores de grandes preocupações. Sidenei lamenta a falta de envolvimento do Poder Público nas questões de treinamentos aos voluntários e de um local específico para a Organização. Na visão de Sidenei, a Defesa Civil atualmente só tem Ênio Ferreira como coordenador, que executa as ações graças ao empenho do Grupo Resgate Voluntário, que também é coordenado pelo Ênio. O Coordenador da Defesa Civil, Ênio Ferreira, concordou e afirmou: ”Nós não temos uma Defesa Civil estruturada em Farroupilha e eu me sinto mal nessa situação”

Confira a participação no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!