Parte da história do berço da colonização italiana foi roubada. Reproduzidos em bronze, o passaportes das famílias Radaelli e Sperafico, foram furtados do monumento instalado na Praça de Nova Milano. Sobrou apenas a placa que se refere ao documento da família Crippa. O furto foi percebido pelos moradores na manhã desta terça-feira. No início da tarde funcionários da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo visitaram o local e registraram a ocorrência. A Mitra, responsável pelo espaço também irá registrar a ocorrência. Em contato com a reportagem, o secretário Fabiano Picolli lamentou o fato e garantiu que as placas serão substituídas. O processo promete ser demorado devido a pesquisa dos documentos, a licitação para a compra e a fabricação de novas placas. 



 

Áudios

Deixe o seu comentário!