O ex-namorado de Ariana Victoria Godoy Figuera, de 24 anos, confessou ter matado a jovem. O crime que foi registrado como homicídio por meio cruel aconteceu na noite desta quinta-feira, 12, na Rua Cristiano Ramos de Oliveira, no bairro Desvio Rizzo, em Caxias do Sul. O homem, de 36 anos, se apresentou à  Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam).

O indivíduo afirmou que não sabia qual era o produto que utilizou no crime, mas usava o produto durante seu expediente de trabalho. Conforme suspeito, ele derrubou sem querer o possível ácido em Ariane.

Leia mais 

Jovem sofre queimaduras de ácido no rosto em Caxias do Sul

Jovem atacada com ácido morre em Caxias do Sul

A venezuelana foi atacada com o líquido no rosto e em parte do tórax. Ela foi encaminhada inicialmente à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Zona Norte, mas por conta da gravidade dos ferimentos acabou transferida para o Hospital Pompéia. Ariane morreu no início da manhã desta sexta-feira, 13.

Segundo o relato de familares, a jovem vivia em Boa Vista, em Roraima, onde já havia procurado a polícia local para relatar uma agressão do então namorado. Ela chegou a fugir do homem e se mudou para o Rio Grande do Sul.

Leia Também

Deixe o seu comentário!