O mês de agosto marca o combate da violência contra a mulher. Segundo o subcomandante do 36º Batalhão de Polícia Militar de Farroupilha, major Juliano do Amaral, o alto índice de casos no município preocupa. Ele ressaltou que nesta sexta-feira, 2, ocorreu uma reunião para tratar sobre o assunto, onde estiveram presentes a primeira dama do município e deputada estadual Francis Somensi, a assistência social da prefeitura e o Ministério Público.

Segundo Amaral, no ano passado foi criada a ‘Patrulha Maria da Penha’ com o intuito de proteger e aparar as vítimas no município. Ele salientou que todas as mulheres que se sentirem ameaçadas ou sofrerem algum tipo de violênca precisam comunicar à polícia para que o agressor seja punido.

Confira no áudio abaixo

 

Áudios

Deixe o seu comentário!