Uma travesti de 22 anos foi agredida com mordidas por volta das 18h30 desta segunda-feira, 21, em Farroupilha. A ocorrência foi atendida pela Brigada Militar no bairro Pio X. De acordo com o relato da vítima, ela seria garota de programa e atendeu um cliente que não realizou o pagamento e ainda mordeu seu lábio inferior até arrancá-lo.

Ela ainda contou que trabalhava em um ponto de prostituição onde pagava R$ 100 por semana para uma senhora, mas há alguns dias não estava efetuando o pagamento. Assim, conforme o boletim de ocorrência, ela deduz que o homem que o agrediu teria sido mandado pela mulher. A vítima não soube explicar quem era o agressor e apenas informou que ele estava em um veículo de cor escura parecido com um Fiat Uno. A travesti foi encaminhada para o Hospital São Carlos e posteriormente para a delegacia onde foi feito o registro. Ninguém foi preso.

Deixe o seu comentário!