A Polícia Civil está restringindo os atendimentos presencias de algumas ocorrências leves por conta do coronavírus. O órgão de segurança emitiu uma nota técnica nesta quarta-feira, 18, explicando que irá seguir as orientações do governo do Rio Grande do Sul, divulgadas no decreto assinado na última quinta-feira, 12. O atendimento nas delegacias de pronto atendimento seguem, mas com uma maior cuidado com a prevenção.

A Instituição orienta os cidadãos a utilizarem a Delegacia On-line para o registro de casos não graves e garante que trabalha para o incremento das funcionalidades do site e do número de fatos possíveis de serem registrados.

De outra forma, os plantões serão mantidos para atendimento dos casos mais graves, como crimes dolosos contra a vida, roubos, recuperação e devolução de veículos, estupros e violência doméstica. Os cidadãos que necessitarem de atendimento presencial serão orientados à higienização com álcool em gel, que será fornecido pelo órgão, tão logo adentrem as delegacias. Em locais onde não houver barreira de vidro que separe o servidor do indivíduo, deverá ser adotada uma distância mínima de 1,5 metros para atendimento.

A Instituição ainda alerta que o atendimento para quem apresentar sintoma respiratório (gripe, espirro, coriza, secreção nasal etc) ficará condicionado à proteção da saúde do servidor policial. Os responsáveis pelas delegacias também estão orientados a evitar entrada simultânea ou aglomeração de pessoas, principalmente nos plantões.

Deixe o seu comentário!