Um idoso de 66 anos, morador do bairro São Luiz, foi vítima de estelionato em Farroupilha. De acordo com a ocorrência, ele recebeu uma ligação de um escritório de advocacia afirmando que iria receber um valor pelo processo em que estava movendo contra o estado.

Para isso a vítima deveria realizar um depósito no valor de cerca de R$ 4,9 mil, que seriam destinados para pagamento de taxas e despesas do processo. O homem fez a transferência e recebeu outra ligação de uma mulher que afirmou que era sua advogada e explicou que deveria fazer outro depósito de cerca de R$ 15 mil. O idoso realizou o pedido, mas desconfiou e fez um telefonema para o escritório que informou que a advogada havia falecido.

A vítima conseguiu cancelar a segunda transferência a tempo e realizou o registro na Delegacia de Polícia Civil.

Deixe o seu comentário!