O suspeito, de 28 anos, de ter atirado em sua ex-companheira por volta das 19h desta quinta-feira, 26, foi preso em Nova Prata. De acordo com a ocorrência, a vítima foi atingida por quatro tiros de calibre 38, na Avenida Adolfo Schineider, próximo ao Banco Bradesco, onde ela trabalhava, no centro do município. A delegada da Polícia Civil, Liliane Pasternak Kramm afirmou que ela tinha realizado um registro contra o homem e após o crime agentes fizeram buscas e prenderam o suspeito em uma propriedade rural próximo à ERS-441.

A vítima trabalha como vigilante na agência bancária e foi surpreendida pelo suspeito. Ela teve um relacionamento com o homem por cerca de 10 anos. A mulher foi socorrida pelo Samu e levada para o Hospital São João Batista. Seu estado de saúde é grave e ela aguarda transferência para outra instituição.

Leia Também

Deixe o seu comentário!