O incêndio que atingiu o antigo posto de saúde do bairro Primeiro de Maio na tarde desta quinta-feira, 7, deve ser investigado pela polícia. Inicialmente havia a hipótese de que as chamas teriam sido provocadas por usuários de drogas que frequentam o local, mas, conforme o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Sedinei Catafesta, o cheiro de gasolina nas salas indica que o fogo foi proposital e um boletim de ocorrência deve ser aberto. "Foi criminoso, porque tu vê ali cheiro de combustível, quem está ali dormindo não teria gasolina", salientou.

O posto está desativado há mais de um ano e o espaço deve ser revitalizado para a instalação de um hospital odontológico. Com a estrutura danificada, será preciso mais uma reforma nas salas atingidas. 

Além disso, o secretário destaca que o município vem sofrendo uma onda de vandalismo. Ele explica que no feriado de Nossa Senhora de Caravaggio invadiram o complexo do Parque Cinquentenário e cortaram cabos de energia, assim como na Ecofar, onde fizeram estragos e roubos.

Áudios

Deixe o seu comentário!