O sexto suspeito morto no final da madrugada desta quarta-feira, 14, em um confronto com a Brigada Militar (BM) foi identificado como Sérgio Mendes de Oliveira Junior, 35 anos. Ele estava em um Volkswagen Voyage alugado em que os seis ocupantes que foram abordados pela BM, na ERS-122, abriram fogo contra os policiais. Cinco suspeitos, inclusive Mendes, morreram na hora. Outro indivíduo conseguiu se refugiar em um matagal, mas por volta das 6h foi avistado pela polícia e voltou a confrontar quando foi atingido e levado para atendimento médico no Hospital Pompéia e acabou falecendo no final da manhã.

Leia mais

Sexto envolvido em confronto com a BM morre em hospital de Caxias do Sul

Confronto com Brigada Militar resulta na morte de cinco suspeitos na ERS-122, em Caxias do Sul

“Os confrontos como regra são muito rápidos”, comenta major Diego Soccol sobre troca de tiros e morte de suspeitos em Caxias do Sul

De acordo com as autoridades, todos os suspeitos tinham passagens pela polícia. Eles foram identificados como Elton John Bolico de Lima, 15 anos, morador de Farroupilha, Edevaldo Ferraz Boeno, 36, natural de Caxias do Sul, Nathaniel Gheber da Silva, de 22, de São Leopoldo, Patrick Adrian da Costa Silva, 23, e Claiton Oliveira Monteiro, 26, ambos nascidos em Porto Alegre e este último, Sérgio Mendes de Oliveira Junior, 35 anos, que não teve sua naturalidade divulgada até o momento.

Entenda o caso

De acordo com o comandante do 4º Batalhão de Choque da Brigada Militar de Caxias do Sul, major Diego Soccol, em entrevista para a Rádio Spaço FM durante o programa Panorama desta quarta-feira, 14, o 12º Batalhão de Polícia Militar, o Batalhão de Choque e a Agência de Inteligência do Comando Regional de Polícia Ostensiva (Crpo) Serra estão realizando um trabalho para combater homicídios e o tráfico de drogas em Caxias do Sul e na região.

No último sábado, 10, uma residência localizada na Rua Egídio Antônio Marcarini, no bairro Pioneiro, foi alvo de disparos de arma de fogo e no local um menor foi apreendido com garrafas de gasolina e um veículo roubado. Esta casa seria um ponto de tráfico de drogas que estaria sendo disputado por outra facção criminosa que queria assumir o local.

Equipes da Brigada Militar iniciaram o monitoramento do local na tarde desta terça-feira, 13, já que haviam recebido uma informação que ele seria invadido por outra facção. A polícia se posicionou em pontos estratégicos do bairro para acompanhar a movimentação.

Durante madrugada desta quarta a casa foi alvo de novos disparos de arma de fogo e as equipes da BM que estavam nas proximidades iniciaram as buscas aos suspeitos que seriam de Farroupilha e estariam em um Volkswagen Voyage alugado. Eles foram abordados na ERS-122, próximo à ponte seca no bairro São Giácomo, quando receberam os policiais a tiros. “Os confrontos como regra são muito rápidos”, comentou.

Cinco suspeitos foram mortos no local e outro fugiu por um matagal. Este sexto foi avistado por volta das 6h e também confrontou com os policiais, foi ferido e encaminhado para atendimento. Ele estava com um colete balístico e um revólver. Com os suspeitos que foram mortos a polícia apreendeu rádios comunicadores, coletes balísticos, toucas ninjas, munições, um revólver, duas pistolas calibre 380, uma pistola nove milímetros e um fuzil 556. Nenhum policial foi ferido na ação.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!