A Polícia Civil realizou na tarde da última quarta-feira o cumprimento de mandato de prisão temporária contra Eduardo Grizzoti, 23 anos. O rapaz é o principal suspeito no caso de homicídio no dia 7 de março, quando Felipe dos Santos Godinho, 18 anos, foi morto com um tiro na cabeça, após uma perseguição no bairro São Francisco. Eduardo estava na Rua Muçum, no bairro São José. A polícia trabalha na tese de motivação passional, já que segundo as investigações, a mulher que estava junto com Felipe no momento do crime teria um relacionamento passado com Eduardo. 

Deixe o seu comentário!