O delegado da Polícia Civil (PC) de Farroupilha, Éderson Bilhan detalhou durante o programa Fim de Expediente desta terça-feira, 8, o caso do homem que foi encontrado no porta-malas de um Renault Logan que se acidentou na manhã de hoje em Farroupilha.

Bilhan explicou que a polícia está investigando dois fatos distintos. O primeiro foi este que acabou sendo descoberto com a colisão na ERS-122, onde um casal que estava no carro foi preso pelo crime de sequestro. O delegado explicou que o motorista prestou depoimento e pelas circunstâncias foi preso em flagrante e encaminhado ao presídio. Sua companheira teve ferimentos e segue internada no Hospital São Carlos sob custódia da Brigada Militar e também será ouvida nos próximos dias para saber qual sua participação no crime.

Outro fato que está sendo sondado pela polícia é a suspeita do homem que estava no porta-malas de ter estuprado o enteado do motorista, filho de sua companheira. Bilhan explicou que já existe uma ocorrência sobre este caso, mas no momento o sequestrado foi liberado e segue sendo acompanhado pelas autoridades. Esta ocorrência de estupro consumado teria sido registrada no início de abril.

COMO ACONTECEU 

Um homem foi encontrado dentro do porta-malas de um Renault Logan após um acidente que aconteceu por volta das 7h30 desta terça-feira, 8, na ERS-122, em Farroupilha. A colisão foi registrada no km 45, ponto onde a pista foi estreitada por conta de uma queda de barreira. O choque envolveu um caminhão baú com placas de Capela de Santana que trafegava no sentido São Vendelino-Farroupilha e acabou sendo atingido pelo Logan com placas de Novo Hamburgo, que fazia o sentido contrário.

O Corpo de Bombeiros de Farroupilha e os Bombeiros Voluntários de São Vendelino foram acionados e socorreram o motorista do carro que teve ferimentos leves em uma das mãos. Ele estava acompanhado de uma mulher que apresentou fraturas nas costelas e de uma menina de cinco anos que não se feriu. Durante o atendimento dos bombeiros, um homem foi encontrado preso no porta-malas e também teve alguns ferimentos. Os tripulantes do carro não apresentaram documentos e o motorista ferido foi encaminhado sob custódia da Brigada Militar ao Hospital São Carlos. Posteriormente todos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

O caminhoneiro de 48 anos não se feriu. Os bombeiros precisaram lavar a pista para retirar o óleo diesel que ficou derramado na rodovia. A Polícia Rodoviária Estadual orientou o trânsito até a retirada dos veículos.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!