A família de Daiane Galiotto, de 16 anos, está a procurada da jovem que desapareceu durante a tarde da última segunda-feira, 27, em Farroupilha.

Conforme o delegado da Polícia Civil do município, Rodrigo Veiga Morale, Franciele Galiotto Sencovski, mãe de Daiane, registrou a ocorrência de sumiço no final da tarde desta segunda e contou que a filha deixou uma carta afirmando que não queria mais morar com a família.

Segundo a tia da jovem, Vanusa Maria da Silva, em contato com a reportagem da Spaço FM, a família não acredita que ela teria escrito a carta por vontade própria. Desta forma, ela afirmou que um homem de cerca de 30 anos que teria fugido com Daiane teria forçado ela a escrever o texto. A tia também contou que a família estava passando por um problema de depressão com o pai da jovem, que foi encontrado morto nesta terça-feira, 28, após ela ter sumido de casa. Vanusa enfatizou que a jovem era muito querida por seus familiares e eles não tinham conhecimento sobre este homem e nem que ela estava em um relacionamento, como foi descrito na carta.

Ela também contou que a mãe da jovem e seu irmão, de 13 anos, que moravam em uma área verde próximo ao antigo desvio do pedágio, estão na casa de parentes após os episódios.

Desta forma, o delegado não descarta nenhuma hipótese e ele segue investigando o caso. Informações sobre o paradeiro da jovem devem ser repassadas para a delegacia pelo número (54) 3261-1266. A família também divulgou o número de telefone de Talita, que também seria tia de Daiane para contato (54) 9 9244-8000.

Deixe o seu comentário!