O acusado de tentativa de feminicídio, Rodrigo Bonfim dos Santos, 42 anos, foi condenado pelo conselho de sentença do tribunal do júri da Comarca de Farroupilha a 10 anos e oito meses de reclusão em regime fechado.

O réu, que passou uma faca no pescoço da esposa, foi julgado triplamente pela qualificadora por motivo fútil (desavença entre o casal), ter atacado a vítima de surpresa, o que impossibilitou a reação de defesa da companheira e o feminicídio propriamente dito. Ele foi reconduzido ao sistema prisional na Penitenciária Regional de Caxias do Sul, onde já estava preso.

Com o resultado da condenação, a defesa do réu, coordenada pelo advogado Carlos Alberto Sandoval, declarou que a apelação por ser um direito do réu, entrará com recurso para rever a diminuição da penalidade.

O julgamento de Santos ocorreu durante a tarde desta quinta-feira, 24, no Fórum e foi conduzido pelo juiz Mário Romano Maggioni. A promotora Cláudia Formolo Hendler atuou na acusação.

Devido à pandemia, o público não teve acesso ao salão do júri e a sessão contou com equipamentos de proteção, distanciamento e outros procedimentos de segurança de saúde. 

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!