Luis Necke, 35 anos, morreu no Hospital São Carlos, em Farroupilha, por volta das 18h desta quinta-feira, 2. Ele tinha sido baleado na cabeça em um ataque no km 11 da VRS-813, próximo à comunidade de Desvio Machado, na tarde do último domingo, 29.

Ele e Wesley de Souza, 21, estavam em uma Chevrolet Picape Corsa, quando um veículo não identificado abordou os dois e efetuou disparos. As vítimas tentaram fugir, mas não conseguiram. O corpo de Souza foi encontrado em uma estrada que dá acesso à rodovia. Já Necke acabou sendo socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos após cinco dias internado.

Leia mais 

Homem é morto a tiros na VRS-813 entre Farroupilha e Garibaldi

Identificado homem assassinado a tiros na VRS-813 em Farroupilha

Tráfico de drogas teria sido a motivação de execução na VRS-813 em Farroupilha

Foram encontradas munições de calibre 9mm e 5,56mm no local. A Polícia Civil acredita que o tráfico de drogas tenha sido a motivação do crime. Ele havia sido indiciado por tráfico em fevereiro de 2019 em Garibaldi. Já Wesley não possuía antecedentes criminais.

Luis Necke era natural de Tenente Portela, mas morava no bairro Fenachamp, em Garibaldi. Ele está sendo velado nas capelas da Funerária Nossa Senhora do Carmo. O sepultamento está marcado para as 16h, no Cemitério Municipal de Garibaldi.

Leia Também

Deixe o seu comentário!