Leimar Augusto de Souza Vieira, de 32 anos, e Roberto Morreira, de 43, foram mortos na Rua Augusto Terra, no bairro Imperial, em Vacaria, por volta das 11h desta quinta-feira, 17. Depois dos assassinatos, uma casa foi incendiada.

De acordo com a polícia, um grupo de pessoas estava consumindo drogas durante a madrugada. De manhã, dois integrantes acabaram se desentendendo e brigaram. Vieira recebeu uma facada no peito. Mesmo com o ferimento ele saiu atrás do outro indivíduo, entretanto não resistiu e morreu na Rua Francisco Carreno. O suspeito do assassinato, de 24, foi preso e encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria. 

Após o homicídio, um primo de Vieira foi até a casa onde havia acontecido o consumo de drogas, desferiu tijoladas em Morreira, que chegou a ser encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira, mas não resistiu. O autor do crime não foi localizado.

Uma outra pessoa ateou fogo na casa de Morreira, conhecida como ponto de consumo de drogas e esconderijo de objetos roubados. Em depoimento à polícia, o morador contou que acabou sendo tomado pela emoção e inconformidade com os acontecimentos daquela casa.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!