No Panorama desta quarta-feira, o advogado Carlos Alberto Sandoval deu mais detalhes sobre a prisão do farroupilhense acusado de participar do assassinato do soldado Maysson Fagundes da Silva, em Taquari, na virada de ano. Stevan Fabian Sosa, de 18 anos, é natural de Farroupilha, mas estaria morando em São Leopoldo, local onde foi preso na segunda-feira. Com o pedido de prisão temporária expedido, o jovem foi levado para a penitenciária de Osório, onde prestou depoimento sobre o caso. Advogado de defesa do rapaz, Sandoval relata que ele negou qualquer envolvimento na morte do policial. Testemunhas, através de fotos, teriam reconhecido Stevan como o responsável pelo disparo que matou Maysson. As câmeras de vigilância presentes no local ainda não teriam resolução adequada para ajudar em alguma identificação, relata Sandoval.

O advogado de defesa de Stevan passou mais informações, confira no áudio abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!