Um filhote de gato-maracajá foi resgatado de um cativeiro pela Brigada Militar (BM), no bairro Barcelos, em Vacaria, por volta das 17h desta segunda-feira, 14.

Conforme a BM, após denúncias de populares, os policias chegaram ao local, onde o animal estava preso em cativeiro. O morador da casa, de 36 anos, relatou que teria encontrado o filhote às margens da BR-116, junto ao corpo de sua mãe morta, há cerca de 30 dias. Como não sabia qual era o órgão competente para encaminhar o felino, ele optou por criar em sua casa.

O homem foi autuado e responderá processo criminal. O animal foi encaminhado pela Organização Não Governamental (ONG) Amigo do Bicho ao Grupo de Estudos de Animais Silvestres (Geas) da Universidade de Passo Fundo.

Leia Também

Deixe o seu comentário!