A cidade de Farroupilha conta com atendimento especializado para mulheres vítimas de violência doméstica. O espaço denominado Sala das Margaridas está em funcionamento desde o mês de maio deste ano e fica na Delegacia de Polícia (DP), na Rua 13 de Maio, no bairro São Luiz.

As atividades são desempenhadas pela inspetora de Polícia Civil, Liane Pioner Sartori, que recebeu treinamento especializado para atendimento às vítimas.

A Sala das Margaridas faz parte de um projeto de acolhimento humanizado às mulheres em situação de violência, sendo possível o registro de ocorrência policial, oitivas, solicitações de medidas protetivas de urgência e demais encaminhamentos previstos na Lei Maria da Penha.

Em entrevista à Spaço FM nesta sexta-feira, 23, a inspetora comentou sobre os serviços disponibilizados no local e ressaltou que Farroupilha registra cerca de 30 a 40 atendimentos mensais, o que considera um número excessivo pelo número de habitantes da cidade.

Liane também passou orientações para essas mulheres que são vítimas da violência, exaltando uma rede de proteção e reforçou que façam o registro na delegacia quando se sentirem ofendidas.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!