Um confronto com a Brigada Militar que aconteceu por volta das 18h15 desta quarta-feira, 9, terminou na morte de Alex Aniceto dos Reis, 46 anos, que estaria envolvido no resgate de um detento em Caxias do Sul. A ação da polícia aconteceu na Rua Luís Covolan entre os bairros Tijuca e Relon. De acordo com a polícia, o serviço de inteligência recebeu a informação que o suspeito estaria caminhando em via pública. Uma equipe de policiais que estavam a paisana encontrou o homem e foi recebida a tiros, revidou e ele foi morto.

Ainda segundo a polícia, Reis seria o último integrante da quadrilha que resgatou Guilherme Fernando Mendonça Huff, 29 anos, da UPA Zona Norte em Caxias na madrugada da última segunda-feira, 7. Huff fugiu e acabou sendo encontrado morto em um apartamento no centro de Porto Alegre na manhã desta quarta-feira, 9, quando a polícia descobriu o esconderijo da quadrilha. No local outras duas pessoas foram presas. No mesmo dia a companheira de Huff que também estaria envolvida no resgate foi presa em Três Cachoeiras.

SAIBA MAIS

Um agente da Susepe foi morto e outro ficou ferido por volta das 3h15 desta segunda-feira, 7, durante o resgate de um preso na UPA Zona Norte, em Caxias do Sul. De acordo com polícia, o apenado da Penitenciária do Apanhador estaria doente e foi levado para atendimento. Na chegada a unidade eles foram recebidos por três indivíduos fortemente armados que estavam em um Volkswagen Passat. Eles exigiram que as pessoas que estavam no atendimento saíssem do local.

O trio entrou em confronto com os policiais que estavam na escolta. O agente Clóvis Antônio Roman, 55 anos, foi morto e seu colega de 43 anos ficou gravemente ferido. Uma funcionária da UPA também foi atingida na perna e o segurança do local levou um tiro no pé. A unidade não atendeu nesta segunda-feira e os pacientes foram tranferidos para outras instituições de saúde.

APREENSÃO

A Polícia Civil e a Brigada Militar localizaram nesta segunda, armas e um dos veículos utilizados no resgate do presidiário. Conforme a polícia, o veículo Volkswagen Passat com placas de Criciúma-SC, provavelmente clonadas, foi encontrado em uma residência no bairro São José, em Caxias. Os policiais também apreenderam dois fuzis e uma carabina que foram utilizados pelos criminosos.

Após o crime os indivíduos fugiram e o foragido fez uma jovem de refém, sendo levado em um Citroën C3 até Farroupilha, onde ele seguiu em fuga em um Volkswagen Gol. O apenado estava preso na cela 36 da galeria B na Penitenciária Estadual do Apanhador, em Caxias do Sul. Ele seria integrante de uma facção criminosa e atuava na região de Lajeado.

Leia Também

Deixe o seu comentário!