No começo da tarde desta quarta-feira, familiares de soldados protestaram em frente ao Corpo de Bombeiros. Cerca de 10 pessoas, a maioria mulheres e filhos dos funcionários protestavam contra o parcelamento dos salários. Os manifestantes empunhavam cartazes contra o governador José Ivo Sartori, e repudiando a declaração do deputado Álvaro Boessio. Os presentes barraram a entrada e saída dos batalhão. Manifestantes comentaram a indignação com o parcelamento, contaram a dificuldade que passam com o parcelamento do salário.

Áudios

Deixe o seu comentário!