Em entrevista à reportagem da Spaço FM, o Major Becker, da Brigada Militar, explicou o funcionamento do policiamento comunitário na cidade. Desde 2001, há pontos nas localidades mais distantes da central, como Jansen, Caravaggio, São Marcos, Nova Milano, Buratti, além do bairro 1° de Maio. Becker destacou que os policiais normalmente residem nos locais onde trabalham, para se inteirar nos problemas que a localidade enfrenta. A Brigada Militar se prepara para enviar um projeto ao CONSEPRO para receber verbas de ações judiciais para segurança, o Major destacou que os recursos podem ser de auxílio na compra de itens estruturais, sendo deixado de fora armas, rádio e coletes, devido à demora no processo de compra. Becker também comentou sobre o temor dos policiais em ser parcelado os salários novamente, afirmando que o atraso no pagamento afeta a vida do policial, mas o desempenho na função deve permanecer continuar.

Áudios

Deixe o seu comentário!