O cercamento eletrônico entrou em funcionamento na manhã desta quarta-feira, 16, com 89 câmeras em Farroupilha.

O novo sistema foi apresentado no Centro de Controle de Operações (CCO) e conta com 75 câmeras fixas, 10 câmeras móveis com possibilidade de zoom (PTZ) e quatro com reconhecimento facial.

Além disso, o projeto integra mais 10 câmeras OCR para identificação de veículos em situação irregular, que estão instaladas em pontos estratégicos nas rodovias de acesso a cidade, e mais dois Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs).

Conforme o engenheiro responsável pela implantação do sistema, Luiz Carlos Matias, os equipamentos instalados produzem imagens em alta definição e permanecem armazenados pelo período de 30 dias.

O monitoramento das imagens está concentrado no CCO sob a responsabilidade da Guarda Municipal, interligado com a Sala de Operações (SOP) da Brigada Militar e Polícia Civil do município.

Para o prefeito Pedro Pedrozo, Farroupilha ganha mais dinâmica na segurança pública, possibilitando o controle de quem entra e quem sai da cidade.

Ele ressaltou que as câmeras instaladas nas rodovias não deverão autuar os excessos de velocidade, até porque está atendendo um pedido da comunidade, mas ressaltou que o sistema é compartilhado simultaneamente com outros órgãos de segurança. No início do projeto, um dos atributos do cercamento eletrônico era multar, mas com o passar do tempo ficou decidido que esse dispositivo não autuará.  

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!