Foram identificados como Luis Fernando Lopes Pires, 19 anos, e Alexandro da Rosa, 31, os homens mortos em um confronto com a Brigada Militar na tarde desta terça-feira, 20, no interior de Caxias do Sul.

De acordo com a ocorrência, eles estavam sendo monitorados pela Brigada Militar e pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) por serem suspeitos de realizar assaltos violentos em residências no município. A informação que a polícia tinha era que eles estariam se escondendo em uma chácara.

A troca de tiros aconteceu na localidade de Nossa Senhora da Rocca, em São Luís da 6ª Légua, onde Pires e Rosa atiraram contra a polícia e foram mortos. Com eles a polícia apreendeu dois revolveres calibre 38 e munições.

Na ação, um homem que estaria dirigindo um veículo utilizado como transporte por aplicativo e uma mulher de 45 anos, que seria a mãe de Luis Fernando e companheira de Alexandro foram presos. Ela em flagrante por fazer parte da quadrilha e o outro homem como testemunha. Segundo a polícia, ele não teria ligação com os criminosos, pois só estaria realizando o serviço de motorista.

A dupla é suspeita de ter praticado os últimos três assaltos em residências no município. Luis Fernando Lopes Pires será sepultado às 16h30 no Cemitério Público de Caxias do Sul e Alexandro da Rosa às 17h no mesmo local.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!